Voos para Joanesburgo

Joanesburgo foi conhecida por alguns nomes ao longo dos anos: Jozi, Jo'burg ou Egoli. A cidade é famosa pela criminalidade e, embora os crimes ocorram em bairros que os turistas não frequentam, não é um destino para despreparados ou iniciantes. Mas vença este desafio e verá que a cidade e a África do Sul têm uma cultura e uma história impressionantes que merecem uma viagem.

Inaugurado em 2001, o Apartheid Museum é uma visita ao passado perturbador da África do Sul e do sistema de apartheid. Com a estrutura inovadora do museu, os visitantes de certo modo revivem a magnitude do apartheid. Ao ver as exposições no local, os visitantes aprendem sobre o apartheid através de vídeos, painéis de texto e fotografias. O sistema de apartheid teve um efeito prolongado sobre o povo sul-africano e visitar o museu é vislumbrar parte do que tão claramente definiu sua cultura.

Há também outros museus valem a pena explorar. A Mandela House é um ótimo local que conta a história de Joanesburgo. Foi construída em 1945, e Nelson Mandela mudou-se para lá um ano mais tarde, vivendo no local até 1962, quando foi mandado para a prisão. A casa agora está aberta aos visitantes curiosos. O Johannesburg Zoo apresenta espécies ameaçadas, como o rinoceronte branco e espécies apreciadas, como as girafas. E o Museum Africa tem artefatos e exposições que celebram a história do país desde seus primórdios.

Nenhuma viagem à África do Sul está completa sem uma visita ao Rosebank Rooftop Market, com mais de 600 vendedores ambulantes em ação todos os domingos, das 9:00 às 17:00. O mercado tem uma verdadeira influência sul-africana, então se estiver procurando obras de arte, móveis ou joias para levar para casa, não há lugar melhor para achar lembranças do que com as pessoas do centro da sociedade da cidade.