Voos para Nova Orleans


 

Como um bom roux, Nova Orleans é rica e saborosa. Não só por sua comida incrível, que mescla a cozinha francesa, crioula, americana, africana, caribenha e outros sabores regionais. Mas também pela cultura de Nova Orleans, resultado de dois séculos de efervescência, com influências francesas, dos americanos nativos, africanas, espanholas, caribenhas e mediterrâneas, que se entrelaçaram para criar uma cidade linda, colorida e às vezes ousada.

Há apenas uma maneira de vivenciar Nova Orleans, voar para o MSY, mergulhar e saboreá-la. Coloque as mãos nos trilhos de ferro do Quarteirão Francês, desfrute de uma bandeja de ostras suculentas sob iluminação fluorescente, veja os bairros reconstruídos após o Katrina, sinta as ruas de paralelepípedos sob seus pés. Tropece em mercados de artistas, dance com uma banda ou um desfile e, em seguida, encontre o café perfeito, servindo café com chicória, aninhado em uma rua mais residencial.

A verdade é que não há duas viagens a NOLA, como é chamada, que pareçam a mesma. Então deixe suas preocupações em casa... e voe para Nova Orleans, onde seus sentidos vão levar você a sua próxima aventura. Seja pela comida suntuosa, pessoas interessantes, arte colorida ou rica história multicultural, você vai descobrir uma cidade que nem sempre se parece com os EUA, mas de certa forma, representa um dos grandes caldeirões de fusão cultural da América.

O Aeroporto Internacional Louis Armstrong não fica exatamente em Nova Orleans; ele está a 18 km ao oeste do centro da cidade de Nova Orleans e serve aproximadamente 10 milhões de passageiros anualmente. É o código do aeroporto, “MSY”, que representa seu nome original: Moisant Stock Yards. Devido ao crescimento recente, o aeroporto de Nova Orleans planeja adicionar mais um terminal com rotas internacionais em 2018.

Hoje, o aeroporto oferece quatro saguões em dois terminais: Leste e Oeste. Ele dispõe de quatro saguões, A, B, C e D – sendo que o C serve como o saguão principal para voos internacionais. O único lounge do Aeroporto MRY é o Delta Sky Club, localizado no saguão D, perto dos portões da Delta, também localizados no saguão D.

  • O ônibus do aeroporto oferece um serviço de transporte para muitos destinos em Nova Orleans e para o Quarteirão Francês por USD 20/pessoa (só ida) e USD 38/pessoa em viagem de ida e volta
  • Se preferir um táxi, vá para a área de transporte terrestre na frente do aplicativo 
  • Aplicativos de carona compartilhada como o Uber e o Lyft também servem o aeroporto de Nova Orleans por uma taxa mínima de USD33
  • Para alugar um carro, visite o Consolidated Rental Car Center na passarela coberta, perto do Terminal oeste de reivindicação de bagagem (12-14)

Nova Orleans fica melhor à medida que você passa mais tempo por lá. A música parece vinda da alma. A arquitetura é única, com séculos de idade. Com mais personalidade em um único quarteirão do que a maioria das cidades pode conter dentro de toda a sua extensão, você encontra mais para ver e explorar. De pessoas gentilmente trajando roupas brancas do Garden District aos moradores do bairro francês da velha guarda, você descobrirá que New Orleans tem paixão por contadores de histórias interessantes, pelos que sabem aproveitar as oportunidades e pelos espíritos leais.

BAIRRO A BAIRRO

Comece a sua estadia explorando o Quarteirão Francês, com sua cultura de coquetéis, restaurantes exclusivos e energia – uma festa visual. Com tanto para ver, separe um tempo para passear, tomar um Sazerac (uísque ou conhaque, bitters, xarope, absinto e toque de limão) e termine a noite com comida reconfortante em lugares como Verti Marte ou o icônico Café du Monde.

Durante a exploração, vá do Quarter em minutos até os bairros de Faubourg Marigny e Bywater – que oferece alguns dos melhores restaurantes da cidade e a Frenchmen Street, uma alternativa a Bourbon Street preferida pelos locais com muitas amostras do melhor que a vida noturna de Nova Orleans tem para oferecer. Explore os meandros do Garden District com o bonde St. Charles Streetcar ou visite Tremé, um bairro e centro cultural de história afro-americana e créole.

RESTAURANTES MARAVILHOSOS

Se você pensou que seria difícil escolher o melhor lugar para beber em Nova Orleans, espere quando chegar a hora de escolher um restaurante. Com uma incrível variedade de cozinhas, além de tradicionais típicas de Nova Orleans, como casas po-boy e bares de ostras, não vai ser nada fácil escolher um lugar para comer. Para começar, aproveite a informalidade do mercado St. Roche, espaço gastronômico da St. Claude Avenue que oferece uma ampla variedade de excelentes pratos por um bom preço. Se quiser os famosos petiscos em estilo de tapas, você encontrará várias opções na cidade, servindo pequenas porções em locais elegantes e em pátios informais. Para almoçar, pare em qualquer lanchonete da cidade para comer o típico “muffuletta”. No jantar, não se intimide com os locais mais finos da cidade – use um vestido ou um casaco esportivo, pois esses lugares com frequência têm um código de vestimenta.

ARTES E CULTURA

Como resumir a arte e a cultura de Nova Orleans? É impossível, a arte é tão presente na cidade quanto a brisa é refrescada pelas águas. Faça uma pequena pesquisa sobre o bairro em que estiver, porque é provável que você encontre locais de apresentações e artes visuais. Para ver alguns dos principais destaques, visite o Museu de Arte de Nova Orleans e as suas coleções francesa, asiática e africana. Para ver arte em ação, assista a uma demonstração ao vivo no New Orleans Artworks do New Orleans Glassmaking and Printmaking Studio, ou visite o Centro de Arte Contemporânea. Para História, não deixe de visitar o Museu de Arte, Cultura e História Afroamericana de Nova Orleans ou o Museu Nacional da Segunda Guerra Mundial.

VESTUÁRIO (O QUE COLOCAR NA MALA)

Traga um guarda-roupa misto para a sua temporada em Nova Orleans, assim terá sempre a roupa certa para o lugar que quiser explorar. Nos meses de verão e outono, bermudas e mangas curtas são obrigatórias para os dias quentes. Use sapatos bons para andar, especialmente nas ruas de paralelepípedos da cidade. Traga proteção solar também, como um chapéu e óculos de sol. À noite, roupas elegantes casuais podem servir bem, se você for a um restaurante mais fino. Se estiver na cidade em uma de suas muitas festas, como Mardis Gras, Halloween e JazzFest, saia pronto para a balada, como os residentes da cidade.

Nova Orleans tem hotéis e acomodações tão únicas quanto a própria cidade. Muitas cadeias de hotéis populares têm propriedades no centro e no Warehouse District, que fica a poucos quarteirões do French Quarter e de muitas das atrações da cidade. O centro é a região de negócios central da cidade, de modo que ficar aqui oferece aos viajantes a negócios um bom local para trabalho e diversão. Entre os favoritos do centro favoritos estão o Windsor Court Hotel, o Ritz-Carlton e o Roosevelt New Orleans. Para acomodações históricas ou estilo boutique, opte pelo Hotel Monteleone, o French Market Inn e o Dauphine Orleans Hotel. Aproveite também as estadias do Airbnb: este parceiro da Delta oferece acomodações únicas de anfitriões locais em toda a cidade.

Nova Orleans tende a oferecer invernos amenos e verões quentes, com uma brisa vinda do rio Mississippi durante todo o ano. Mas traga a sua capa e um guarda-chuva, porque Nova Orleans tem chuvas o ano todo. Procure visitar na Primavera ou no Outono, quando está quente o bastante para mangas curtas, mas ainda não está sufocante.