Voos testados para COVID-19 na Itália


Viaje sem a necessidade de quarentena quando desembarcar nos voos internacionais testados para COVID-19 da Delta entre os EUA e a Itália.  

Os clientes de voos testados para COVID-19 deverão apresentar resultados negativos para a COVID-19 no check-in e no embarque, permitindo que você viaje ao exterior com confiança e evite a necessidade de quarentena quando chegar à Itália.

Voos testados para COVID-19 estão disponíveis para compra em voos selecionados para embarque até 30 de junho de 2021 nas seguintes rotas:

  • Aeroporto Internacional Hartsfield-Jackson Atlanta (ATL) e Aeroporto Internacional de Roma-Fiumicino (FCO) nos voos DL62/DL63 
  • Aeroporto Internacional John F. Kennedy (JFK) e o Aeroporto Internacional Roma-Fiumicino (FCO) para partidas a partir de 01 de abril de 2021 nos voos DL182/DL174/DL183/DL175 (voos do JFK para o FCO operados pela Delta partindo antes de abril 01 estão sujeitos aos protocolos de quarentena padrão da Itália na chegada). 
  • O Aeroporto Internacional John F. Kennedy (JFK) e o Aeroporto Malpensa de Milão (MXP) a partir de 01 de abril de 2021 nos voos DL118/DL119 (voos do JFK para o MXP partindo antes de abril 01 estão sujeitos aos protocolos de quarentena da Itália na chegada).
  • Confirme antes de viajar. Continuaremos publicando atualizações sobre quaisquer alterações nas exigências de testagem para COVID-19 para entrar na Itália aqui.

Os clientes também podem comprar voos testados para COVID-19 selecionados com embarque até 30 de junho de 2021 com nossa companhia aérea parceira de confiança, a Alitalia, entre o Aeroporto Internacional John F. Kennedy (JFK) e o Aeroporto Internacional de Roma-Fiumicino (FCO) nos voos DL6616/DL6679.

Saiba o que fazer


Como parte do Delta CareStandardSM, estamos trabalhando com nossos parceiros médicos confiáveis, como a Mayo Clinic, para criar protocolos de testes que garantam a segurança de nossos clientes e funcionários, permitindo acesso a viagens internacionais. 

Antes de reservar um voo testado para COVID-19, conheça as exigências de voo que devem ser seguidos com antecedência e no dia da viagem, e que são elegíveis para viagens à Itália ou para seu destino final. Vá para nota de rodapé. Isso permitirá que você ignore as exigências locais de quarentena para a Itália. O não preenchimento desses requisitos impedirá que você embarque no voo testado para COVID-19. 

Voando dos EUA para a Itália


 

Antes do seu voo: Teste de PCR e teste rápido

Antes de embarcar em seu voo, os clientes devem fazer um teste de PCR para COVID-19 com um laboratório de sua escolha e fornecer um comprovante de resultado negativo para fazer o check-in para o voo. Esse teste é feito à custa do cliente, e o prazo para o teste depende do voo selecionado. 

Os clientes que viajarem em um voo da Delta também precisarão fazer um teste rápido sem custo adicional antes de embarcar dos EUA para a Itália. 

Um comprovante de vacinação contra a COVID-19 não isenta os clientes das exigências de testagem ou da Política de uso de máscara da Delta

Embora os clientes possam selecionar qualquer laboratório de teste que atenda às exigências para esses voos, abaixo há recursos para ajudar a encontrar locais de teste. Embora entendamos que isso pode não ser uma opção para todos os viajantes, a CVS Health é um laboratório que contratamos para administrar testes para nossos funcionários e pessoal de voo.

As informações publicadas aqui e em outros locais da Delta relacionadas com laboratórios de teste para COVID-19 destinam-se a ajudar nossos clientes no planejamento e na preparação de sua viagem. As informações incluídas aqui sobre o teste para COVID-19 são complementares a qualquer informação fornecida por laboratórios de testes ou autoridades governamentais com relação ao teste. As informações não podem ser copiadas, republicadas ou usadas para qualquer finalidade que não seja o planejamento de viagem individual.
Dada a natureza em rápida evolução da resposta ao surto de COVID-19 e restrições governamentais, a Delta, a CVS Health e a TrustAssureTM não podem garantir a precisão e não aceitam nenhuma responsabilidade por quaisquer erros ou omissões contidas em suas páginas, incluindo a precisão das traduções, informações ou endereço e horário do local de teste desatualizados, disponibilidade de horários, tipo de teste oferecido ou o prazo de entrega dos resultados. Testes de COVID-19 antes da viagem podem não estar disponíveis em todos os locais. Links para fontes e sites de terceiros são oferecidos como cortesia.

O teste de PCR para COVID-19 deve ser feito até 72 horas antes do horário de embarque programado. Recomendamos que os clientes cheguem ao aeroporto 3 horas antes do embarque.

Os clientes precisam fazer check-in com um agente no primeiro aeroporto de embarque nos EUA para verificar seus resultados negativos do teste PCR para COVID-19. O check-in não estará disponível em nenhum canal de autoatendimento, como o Fly Delta App, o site delta.com ou os quiosques no aeroporto.

Antes de decolar dos EUA em um voo testados para COVID-19 no aeroporto ATL, os clientes serão direcionados a uma área de teste rápido para uma triagem de temperatura e um teste de antígeno rápido para COVID-19 sem custo adicional. O teste de antígeno rápido negativo é necessário para embarcar no voo. Os resultados do teste podem ser compartilhados com o Departamento de Saúde Pública da Geórgia e/ou com as autoridades sanitárias italianas por motivos de saúde pública.

O teste de PCR para COVID-19 deve ser feito até 72 horas antes do horário de embarque programado. Recomendamos que os clientes cheguem ao aeroporto 4,5 horas antes do embarque.

Os clientes precisam fazer check-in com um agente no primeiro aeroporto de embarque nos EUA para verificar seus resultados negativos do teste PCR para COVID-19. O check-in não estará disponível em nenhum canal de autoatendimento, como o Fly Delta App, o site delta.com ou os quiosques no aeroporto.

Antes de decolar dos EUA em um voo testado para COVID-19 no aeroporto JFK, os clientes serão direcionados a uma área de teste rápido para uma triagem de temperatura e um teste de antígeno rápido para COVID-19 sem custo adicional. O teste de antígeno rápido negativo é necessário para embarcar no voo. O resultado do teste pode ser compartilhado com as autoridades de saúde italianas e/ou de Nova York por razões de saúde pública.

Observe que os voos operados pela Delta que partem de Nova York (JFK) antes de 01 de abril de 2021 não são testados para COVID-19 e estão sujeitos aos protocolos de quarentena da Itália na chegada.

O teste de PCR para COVID-19 deve ser feito até 72 horas antes do horário de embarque programado. Recomendamos que os clientes cheguem ao aeroporto 4,5 horas antes do embarque.

Os clientes precisam fazer check-in com um agente no primeiro aeroporto de embarque nos EUA para verificar seus resultados negativos do teste PCR para COVID-19. O check-in não estará disponível em nenhum canal de autoatendimento, como o Fly Delta App, o site delta.com ou os quiosques no aeroporto.

Antes de decolar dos EUA em um voo testado para COVID-19 no aeroporto JFK, os clientes serão direcionados a uma área de teste rápido para uma triagem de temperatura e um teste de antígeno rápido para COVID-19 sem custo adicional. O teste de antígeno rápido negativo é necessário para embarcar no voo. O resultado do teste pode ser compartilhado com as autoridades de saúde italianas e/ou de Nova York por razões de saúde pública.

Observe que os voos operados pela Delta que partem da cidade de Nova York (JFK) antes de 01 de abril de 2021 não são testados para Covid-19 e estão sujeitos aos protocolos de quarentena da Itália na chegada. Você pode verificar seu bilhete para ver se seu voo é operado pela Delta ou pela Alitalia.

O teste de PCR para COVID-19 deve ser feito até 48 horas antes do horário de embarque programado. Recomendamos que os clientes cheguem ao aeroporto 4,5 horas antes do embarque.

Os clientes podem optar por fazer o teste PCR por conta própria, no local de sua escolha, ou fazer um teste rápido de antígeno no aeroporto JFK, Vá para nota de rodapé pagando uma taxa. O teste negativo é necessário para embarcar no voo. O resultado do seu teste pode ser compartilhado com as autoridades de saúde italianas e/ou de Nova York por razões de saúde pública. Para saber mais sobre a experiência de teste rápido de antígenos da Alitalia, acesse a página de voo Covid-Tested (abre em uma nova janela) para obter mais informações.

A bordo: Compromisso de segurança 

Para a segurança de todos, a Delta exige que nossos clientes e a tripulação usem máscara em todos os estágios da viagem. Passageiros que viajarem para a Itália são orientados pelo governo italiano a usar máscaras cirúrgicas no voo e substituir suas máscaras a cada quatro horas durante o voo.
Para apoiar os esforços de rastreamento de contatos, os clientes não poderão mudar os assentos antes ou depois da decolagem. 

Chegada à Itália: Formulários de teste rápido e imigração 

Ao chegar à Itália, os clientes serão direcionados a uma área de teste rápido para outra triagem de temperatura e um teste rápido de antígeno para COVID-19. As diretrizes de mitigação de segurança serão seguidas para garantir que os clientes sejam socialmente distanciados durante todo o teste. Ao receber um resultado negativo, os clientes estarão livres para entrar na Itália sem a necessidade de fazer quarentena.

Esteja ciente de que os passageiros deverão se cadastrar previamente e preencher um formulário digital de localização de passageiros antes do embarque. Isso é adicional ao preenchimento de dois formulários de autodeclaração adicionais que estarão disponíveis com um representante da Delta para preenchimento antes do embarque. Consulte a seção de inscrições ou formulários da Itália em nossa página Requisitos de viagem para obter mais detalhes e links para esses formulários.

Para clientes que comprarem um bilhete antes de março 09 em um voo operado pela Delta, o teste na chegada não terá custo adicional. Para clientes que comprarem um bilhete a partir de 09 de março de 2021 em um voo operado pela Delta, o teste na chegada custa 20 euros e deve ser pago no momento a um fornecedor de testes autorizado pelo governo. Consulte nossas FAQs, Vá para nota de rodapé para obter detalhes adicionais.

Os clientes podem acelerar o processo de testagem no aeroporto preenchendo as informações do Formulário de testagem do FCO no aeroporto (abre em uma nova janela) antes de chegarem ao aeroporto.

Para clientes com viagem de Nova York para Milão, o teste na chegada não tem custo adicional. Consulte nossas FAQs, Vá para nota de rodapé para obter detalhes adicionais.

Para clientes com viagem de Nova York para Roma, o teste na chegada custa 20 euros e pode ser pago no momento a um fornecedor de testes indicado pelo governo. Consulte nossas FAQs, Vá para nota de rodapé para obter detalhes adicionais.

Os clientes podem acelerar o processo de testagem no aeroporto preenchendo as informações do Formulário de testagem do FCO no aeroporto (abre em uma nova janela) antes de chegarem ao aeroporto.

Para clientes com viagem de Nova York para Roma em um voo operado pela Alitalia, os testes na chegada custam 20 euros. Consulte nossas FAQs, Vá para nota de rodapé para obter detalhes adicionais.

Voando da Itália para os EUA


Antes do seu voo: Testagem para COVID-19 

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) exigem que todos os clientes com idade a partir de 2 anos viajando para ou pelos Estados Unidos apresentem uma prova de teste negativo para COVID-19 e assinem um atestado confirmando um resultado negativo. Os clientes que viajarem em um voo testado para COVID-19 partindo da Itália devem fornecer o seguinte:

  • Para clientes em um voo operado pela Delta, um teste negativo para COVID-19 (NAAT, PCR, LAMP ou antígeno) realizado até 3 dias antes do embarque programado
  • Para clientes que viajam em um voo operado pela Alitalia, um teste negativo de antígeno ou teste molecular PCR para COVID-19 realizado até 48 horas antes do horário de embarque programado

Você pode verificar seu bilhete para ver se seu voo é operado pela Delta ou pela Alitalia. 

Os clientes também devem fornecer atestado assinado pelo CDC para embarcar no voo. Os clientes podem optar por fazer o teste por conta própria em um local de sua escolha ou fazer um teste rápido de antígeno no aeroporto FCO ou no MXP. Para clientes que compraram um bilhete antes de março 09 e que estiverem viajando no voo do FCO para o ATL, o teste antes do embarque no aeroporto FCO é oferecido sem custo adicional.  Para todos os outros bilhetes, o teste é feito às custas dos clientes. Consulte nossas FAQs, Vá para nota de rodapé para obter detalhes adicionais. Ao seguir as exigências de voo testado para COVID-19, os clientes atenderão aos requisitos de teste negativo para do CDC para entrar nos EUA. Um comprovante de vacinação contra a COVID-19 não isenta os clientes das exigências de testagem ou da Política de uso de máscara da Delta

As diretrizes de mitigação de segurança serão seguidas para garantir que os clientes sejam socialmente distanciados durante todo o teste. O resultado de teste negativo é necessário para embarcar no voo. O resultado do seu teste pode ser compartilhado com as autoridades de saúde italianas, da Geórgia e/ou de Nova York por razões de saúde pública.

Antes do seu voo: Rastreamento de contato 

Os clientes que viajarem em um voo da Delta precisarão aderir ao compromisso da Delta para viagens mais seguras e devem fornecer as seguintes informações à Delta para fins de rastreamento de contato: nome completo, número de telefone principal e secundário, endereço de e-mail e endereço de destino. A Delta coletará informações em nome dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (Disease Control and Prevention, CDC) em colaboração com a Alfândega e Proteção de Fronteiras (Customs and Border Protection, CBP) dos EUA, apoiando os esforços de controle doméstico da COVID-19 ao disponibilizar as informações de contato dos passageiros aéreos internacionais para que os departamentos de saúde estaduais e locais possam contatá-los e fornecer instruções de acompanhamento para testes e/ou possível quarentena. Consequentemente, a Delta compartilhará essas informações com o CDC via CBP, utilizando os canais estabelecidos para o Sistema Avançado de Informações de Passageiros (Advance Passenger Information System, APIS). Manteremos essas informações em nossos sistemas apenas pelo tempo necessário para cumprir esses objetivos ou conforme exigido pela CBP. 

Consulte a Política de privacidade da Delta para obter detalhes.  Para obter mais informações, acesse www.CDC.gov (abre em uma nova janela) ou www.CBP.gov (abre em uma nova janela), ou consulte Avaliação de impacto de privacidade do CBP para o APIS (abre em uma nova janela).

A bordo: Compromisso de segurança 

Para a segurança de todos, a Delta exige que nossos clientes e a tripulação usem máscara em todos os estágios da viagem. Para apoiar os esforços de rastreamento de contatos, os clientes não poderão mudar os assentos antes ou depois da decolagem. 

Chegada aos EUA 

Ao chegar, prepare-se para mostrar seu resultado negativo do teste para COVID-19 antes de entrar nos EUA. Ao seguir as exigências de voo testado para COVID-19, os clientes já terão atendido às exigências de teste negativo para COVID-19 para entrar nos EUA.

Testes adicionais não serão necessários, embora os clientes estejam sujeitos a uma triagem de saúde. Os requisitos de quarentena ao chegar ao seu destino nos EUA variam dependendo do governo estadual e local.

Experiência de aeroporto passo a passo



Check-in

Clientes que partirem do ATL devem chegar ao aeroporto 3 horas antes do embarque.

O check-in on-line não estará disponível para voos testados para COVID-19. Quando chegar ao aeroporto, consulte um agente da Delta no saguão para fazer o check-in do seu voo e apresentar os resultados negativos do teste PCR para COVID-19. Você precisará levar uma cópia física dos seus resultados nos voos para Roma.



Inscreva-se para um teste rápido

Depois de fazer o check-in do seu voo com um agente da Delta e passar pelo controle de segurança, dirija-se imediatamente ao portão E14. Se você estiver fazendo conexão no ATL, siga imediatamente para o portão E14 ao aterrissar. 

Consulte um representante da Delta fora do portão para receber um bilhete em fila de espera e ser adicionado a uma fila virtual.



Aguarde sua vez

Depois de entrar na fila, você pode usar o código QR do seu bilhete em fila de espera para acompanhar seu lugar na fila por celular de qualquer lugar no saguão. 

Você também pode esperar no portão E16, onde os avisos digitais indicarão qual número está sendo chamado.



Faça o teste e espere o resultado

Quando seu número for exibido, retorne ao portão E14 e insira o local do teste rápido. 

Após a realização do teste, você aguardará os resultados na área de espera designada. 

Após a notificação de resultados negativos, um agente da Delta fará a leitura do seu cartão de embarque para incluir a verificação de seus resultados.



Pré-embarque

Depois de concluir seu teste rápido, você estará livre para esperar pelo voo em qualquer lugar no saguão. 

Somente clientes confirmados poderão acessar novamente o portão ao fazerem a leitura de seus cartões de embarque. 

Programe-se para estar no portão quando o embarque começar, uma hora antes da partida.

Clientes viajando do JFK para o FCO em um voo testado para COVID-19 operado por nossa parceira de confiança, a Alitalia, são incentivados a visitar o site da Alitalia para obter mais informações sobre o que esperar ao voar (abre em uma nova janela) e sobre seus voos testados para COVID-19 (abre em uma nova janela).

Clientes em viagem do JFK para o FCO ou do JFK para o MXP em um voo testado para COVID-19 operado pela Delta, observem o seguinte. 


Inscreva-se para um teste rápido

Clientes que partirem do JFK devem chegar ao aeroporto 4,5 horas antes do embarque.

Se você estiver fazendo conexão no JFK, traga seu teste PCR para o aeroporto de origem para verificação durante o check-in; você se inscreverá para o teste rápido na chegada ao JFK. O check-in on-line não estará disponível para voos testados para COVID-19.

Se a sua viagem começar em Nova York, chegue ao T4 do JFK e siga imediatamente para o local de teste para COVID-19 na área de desembarque (nível inferior) antes de fazer o check-in para seu voo. Uma sinalização será colocada para indicar o local de testagem. Se você estiver fazendo conexão no JFK, siga imediatamente para o local de testagem próximo ao portão B24 ao aterrissar. 

Consulte um representante da Delta fora do centro de testes em qualquer local para confirmar seu teste de PCR negativo feito em até 72 horas e se inscrever para o teste rápido. Você precisará levar uma cópia física dos seus resultados nos voos para Roma ou Milão.



Faça o teste e espere o resultado

Depois de se inscrever para o teste rápido, vá para a entrada do centro de testagem para fazer seu teste. 

Após a realização do teste, você aguardará os resultados na área de espera designada. 

Ao receber a notificação com o resultado negativo, dirija-se ao balcão de check-in da Delta em frente ao centro de testagem para fazer o check-in do seu voo se você estiver saindo do JFK. Se estiver fazendo conexão no JFK, vá diretamente ao seu portão.



Check-in
Se a sua viagem começar em Nova York, depois de receber os resultados negativos do teste rápido para COVID-19, atravesse o saguão até os balcões de check-in da Delta para fazer o check-in do seu voo. O check-in on-line não estará disponível para voos testados para COVID-19.


Pré-embarque

Depois de concluir seu teste rápido, fazer o check-in do seu voo e passar pela segurança, você estará livre para esperar pelo voo em qualquer lugar no saguão. 

Programe-se para estar no portão quando o embarque começar, pelo menos uma hora antes do embarque.


Check-in

Solicitamos que os clientes com origem no FCO que pretendam realizar o teste no aeroporto cheguem 4 horas antes do embarque para garantir que possam concluir os testes a tempo. Vá diretamente para a instalação de testagem antes de fazer o check-in na companhia aérea. Acesse o site da Alitalia para obter instruções sobre como chegar à área de teste da COVID-19 (abre em uma nova janela) no aeroporto FCO.

Os testes estarão disponíveis no andar térreo do Terminal 3 a partir das 6:00 CET. Clientes em conexão no FCO devem ir para o portão E11 para fazer o teste.



Faça um teste rápido
Os clientes podem acelerar o processo de testagem no aeroporto preenchendo as informações do Formulário de testagem do FCO no aeroporto (abre em uma nova janela) antes de chegarem ao aeroporto.


Pré-embarque

Os clientes que realizarem o teste rápido no aeroporto estão livres para esperar pelo voo em qualquer lugar no saguão.

Antes do embarque, os clientes precisarão fornecer o resultado negativo do teste para COVID-19 e o atestado assinado ao agente do portão.


Chegar e fazer o teste rápido 

Solicitamos que os clientes com origem no MXP que pretendam realizar o teste no aeroporto cheguem 4 horas antes do embarque para garantir que possam concluir os testes a tempo. Vá diretamente para a instalação de testagem antes de fazer o check-in na companhia aérea. 

Os testes estarão disponíveis no andar térreo do Terminal 1, andar Desembarque (andar Zero) a partir das 6:00 CET. 



Check-in

Depois de concluir o teste rápido no aeroporto e receber um resultado negativo, os clientes podem prosseguir para a área de check-in localizada no segundo andar do Terminal 1. Os clientes que realizaram o teste COVID-19 antes de chegar ao aeroporto podem prosseguir diretamente para o check-in.

Os clientes precisarão fornecer o resultado negativo do teste para COVID-19 e um atestado de saúde assinado ao agente do portão.


Como alterar seu voo 


Se você não se sentir confortável com as exigências de voo testado para COVID-19, estamos simplificando a viagem, eliminando as taxas de alteração para bilhetes com origem na América do Norte para qualquer lugar do mundo (exceto bilhetes da classe Basic Economy). 

Não haverá taxa de alteração para todos os bilhetes comprados até 30 de abril de 2021. As diferenças de tarifa serão aplicadas. Consulte os termos completos para saber mais.

Planeje sua próxima viagem
Planeje uma viagem para a Itália sem a necessidade de quarentena. Explore os voos e procure a indicação testado para COVID-19 para encontrar os voos participantes.

FAQs


Apenas voos identificados como testado para COVID-19 no momento da compra seguirão esse processo. Você precisará concordar em fazer o teste e com o rastreamento de contato antes da reserva.

Esta avaliação está atualmente disponível apenas para cidadãos italianos, membros da UE e viagens essenciais entre Atlanta, GA (ATL), e Roma, Itália (FCO); Nova York, NY (JFK) e Roma, Itália (FCO); e Nova York, NY (JFK) e Milão, Itália (MXP). Obtenha mais detalhes sobre restrições de viagem e elegibilidade.

Os voos testados para COVID-19 entre Atlanta, GA (ATL), e Roma, Itália (FCO), podem ser comprados no site delta.com como voo sem escalas ou como parte de um itinerário de conexão. Os voos testados para COVID-19 entre Nova York NY (JFK) e Roma, Itália (FCO), e entre Nova York, NY (JFK) e Milão, Itália (MXP) podem ser comprados no site delta.com e no Fly Delta App como um voo sem escalas ou como parte de um itinerário de conexão para voos com embarque a partir de 01 de abril de 2021.

Os clientes também podem reservar voos testados para COVID-19 entre o Aeroporto Internacional John F. Kennedy (JFK) e o Aeroporto Internacional de Roma-Fiumicino (FCO) em nossas companhias aéreas parceiras de confiança, a Alitalia. Esses voos podem ser comprados no site delta.com.

Os voos diretos e de conexão serão rotulados como testados para COVID-19 e exigirão que você concorde com certos requisitos de viagem antes da reserva.

Clientes em viagem saindo do ATL devem se programar para chegar ao aeroporto 3 horas antes do embarque programado para ter tempo suficiente de realizar os protocolos de testagem para COVID-19 exigidos.

Clientes em viagem saindo do JFK devem se programar para chegar ao aeroporto 4,5 horas antes do embarque programado para ter tempo suficiente de realizar os protocolos de testagem para COVID-19 exigidos.

Quem estiver viajando do FCO e quiser fazer um teste no aeroporto deve se programar para chegar ao aeroporto 4 horas antes do embarque programado para ter tempo suficiente de realizar os protocolos de testagem para COVID-19 exigidos.

Quem estiver viajando do MXP e quiser fazer um teste no aeroporto deve se programar para chegar ao aeroporto 4 horas antes do embarque programado para ter tempo suficiente de realizar os protocolos de testagem para COVID-19 exigidos.

Sim, você pode combinar voos testados para COVID-19 com voos não testados para COVID-19 em um itinerário de ida e volta. Por exemplo, você pode comprar um voo testado para COVID-19 sem escalas de Atlanta para Roma para a ida e depois selecionar um voo não testado para COVID-19 saindo de Roma, com conexão em Amsterdã para Atlanta, na volta.

Os clientes só poderão fazer o check-in no aeroporto de saída nos EUA após fornecer um resultado negativo de teste PCR. Os clientes que receberem um resultado positivo de teste PCR precisarão adiar sua viagem, devem ficar em isolamento de acordo com as diretrizes de saúde e não devem vir ao aeroporto para o check-in. Os clientes receberão um crédito eletrônico da parte cancelada do bilhete e as taxas de alteração serão dispensadas.

Os clientes que receberem resultados positivos para a COVID-19 no aeroporto antes do embarque passarão por um segundo teste para confirmar o resultado. Após a confirmação, as diretrizes regulatórias locais para tratamento médico e quarentena serão seguidas. Os clientes afetados que testarem positivo no aeroporto receberão um crédito eletrônico e poderão solicitar um reembolso do restante do seu bilhete Delta.

Devido à probabilidade de contato próximo entre os clientes que viajam juntos, esses procedimentos se aplicam a todos os clientes que viajam juntos na mesma reserva.

Ao viajar dos EUA, os clientes serão orientados a fazer um teste PCR para COVID-19 com um laboratório de sua escolha antes de viajar, às suas próprias custas.

Embora os clientes possam selecionar qualquer laboratório de teste que atenda aos requisitos para este voo, identificamos recursos para ajudar a encontrar locais de teste. Vá para nota de rodapé.  

Os custos adicionais dos testes podem variar dependendo do seu bilhete. Explore e entenda o custo associado aos testes para voos testados para COVID-19 usando a tabela abaixo.

text
Voo 
Teste PCR antes da viagem 
Teste rápido no aeroporto para embarque nos EUA 
Teste rápido no aeroporto de chegada na Itália 
Atlanta (ATL) – Roma (FCO) no voo DL62 
À custa do cliente 
Sem custo adicional 

Bilhetes comprados antes de março 09: Sem custo adicional 

Bilhetes comprados a partir de março 09 para viagem antes de março 27: Sem custo adicional 

Bilhetes comprados após março 09 para viagem a partir de março 27: € 20 (à custa do cliente)

 Nova York (JFK) – Milão (MXP) no voo DL118
À custa do cliente
Sem custo adicional
Sem custo adicional
Nova York (JFK) – Roma (FCO) nos voos DL182/DL174 
À custa do cliente 
Sem custo adicional 
€ 20 (à custa do cliente)
Nova York (JFK) – Roma (FCO) nos voos DL6616 (operado pela Alitalia) 
À custa do cliente 
À custa do cliente 
Viagem antes de março 30: Sem custo adicional

Viagem a partir de março 30: € 20 (à custa do cliente)
Voo 
Teste de PCR antes de viajar para embarque na Itália 
Teste rápido no aeroporto para embarque na Itália 
Roma (FCO) – Atlanta (ATL) no voo DL63 
À custa do cliente 

Bilhetes comprados antes de março 09: Sem custo adicional 

Bilhetes comprados a partir de março 09 para viagem antes de março 27: Sem custo adicional 

Bilhetes comprados após março 09 para viagem a partir de março 27: À custa do cliente (€ 20 se estiver testando no aeroporto) 

Milão (MXP) – Nova York (JFK) no voo DL119
À custa do cliente
À custa do cliente (€ 50 se estiver testando no aeroporto)
Roma (FCO) – Nova York (JFK) nos voos DL183/DL175 
À custa do cliente 
À custa do cliente (€ 20 se estiver testando no aeroporto)  
Roma (FCO) - Nova York (JFK) no voo DL6679 (operado pela Alitalia) 
À custa do cliente
Viagem antes de março 30: Sem custo adicional

Viagem a partir de março 30: € 20 (à custa do cliente)

Os clientes, os funcionários e os parceiros da Delta devem usar uma máscara ou uma proteção adequada que cubra o nariz e a boca durante a viagem, mesmo se já tiverem sido vacinados. Passageiros que viajarem para a Itália são orientados pelo governo italiano a usar máscaras cirúrgicas no voo e substituir suas máscaras a cada quatro horas durante o voo. Máscaras cirúrgicas extras estarão disponíveis a bordo, se necessário. Saiba mais sobre a política de máscaras da Delta aqui.

Estamos monitorando continuamente os protocolos de segurança para garantir que você tenha as informações mais recentes para os requisitos específicos de entrada e saída do seu destino. Veja os requisitos e restrições de viagem mais recentes para saber mais sobre as restrições atuais de viagem e sobre os recursos para ajudá-lo a chegar preparado. Esteja ciente de que documentação adicional deve ser apresentada ao entrar na Itália. Consulte também as normas dos destinos com aeroporto de conexão, se aplicável ao seu itinerário.

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) exigem que todos os clientes com idade a partir de 2 anos viajando para ou pelos Estados Unidos apresentem uma prova de teste negativo para COVID-19 realizado até 3 dias antes do embarque e assinem um atestado confirmando um resultado negativo.

Ao chegar, prepare-se para mostrar seu resultado negativo do teste para COVID-19 antes de entrar nos EUA. Ao seguir as exigências de voo testado para COVID-19, os clientes já terão atendido às exigências de teste negativo para COVID-19 para entrar nos EUA.

FAQs sobre rastreamento de contato


O rastreamento de contato é um processo usado para ajudar a identificar e alertar aqueles que entraram em contato próximo com o vírus da COVID-19, ajudando a reduzir a exposição e limitando sua transmissão.

Para apoiar o rastreamento de contatos, os passageiros devem fornecer seu endereço de destino enquanto estiverem nos EUA e um número de telefone. Essas informações, além das informações de contato fornecidas na compra do bilhete ou no check-in, serão compartilhadas com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (Centers for Disease Control and Prevention, CDC) por meio da Alfândega e Proteção de Fronteiras (Customs and Border Protection, CBP) dos EUA, utilizando os canais estabelecidos para o Sistema Avançado de Informações de Passageiros (Advance Passenger Information System, APIS). Manteremos essas informações em nossos sistemas apenas pelo tempo necessário para cumprir esses objetivos ou conforme exigido pela CBP.

Consulte a Política de privacidade da Delta para obter detalhes. Para obter mais informações, acesse www.CDC.gov (abre em uma nova janela) ou www.CBP.gov (abre em uma nova janela), ou consulte Avaliação de impacto de privacidade do CBP para o APIS (abre em uma nova janela).

Quando você participa do rastreamento de contatos, o CDC trabalha com os departamentos de saúde locais para alertá-lo, ajudando a reduzir a exposição.  

O acompanhamento dos viajantes pode incluir:

  • Contato com viajantes 
  • Fornecimento de instruções sobre o que os viajantes devem fazer se desenvolverem sintomas da COVID-19 
  • Possível verificação intermitente durante as duas semanas após a chegada

Todos os clientes Delta em viagem de Roma ou Milão em voos operados pela Delta para Atlanta devem enviar suas informações de rastreamento de contato antes do embarque. Se você não quiser fornecer suas informações de rastreamento de contato, você tem a opção de selecionar um voo diferente para os EUA.

Links relacionados


Encontrou as informações que estava procurando nesta página?