INFORME-SE ANTES DE PARTIR

Teste de requisitos de entrada nos EUA de COVID-19 para viagens internacionais


 

Requisitos de entrada nos EUA


A maioria dos passageiros que entrarem ou fizerem conexão nos EUA não precisam apresentar um teste para COVID-19. Viajantes que não são cidadãos dos EUA ou residentes permanentes ainda precisam preencher um atestado confirmando que estão totalmente vacinados e o rastreamento de contato continuará em vigor para todos. Em alguns casos, testes podem ser necessários com base na origem da sua viagem.

Detalhes importantes a saber:

  • Todos os passageiros devem fornecer informações de rastreamento de contato ou o embarque será negado de acordo com a ordem do CDC. 
  • Passageiros que não forem cidadãos dos EUA ou residentes permanentes também devem apresentar um comprovante de vacinação e preencher um atestado confirmando que estão totalmente vacinados.
  • “Totalmente vacinado” é definido como 14 dias após receber uma dose de uma vacina de dose única ou 14 dias após receber a segunda dose de uma vacina de duas doses
  • As vacinas aceitas incluem J&J (Janssen), Pfizer-BioNTech, Moderna, AstraZeneca, Covaxin, Covishield, BIBP/Sinopharm e Sinovac
  • Os clientes podem fornecer documentação de saúde antes do check-in para verificação digital com o Delta FlyReadySM
  • Acesse nosso Delta Discover Map para verificar as exigências de entrada para um destino específico.

Origens com requisitos adicionais


A partir de 05 de janeiro de 2023, todos os passageiros com 2 anos ou mais que entrarem nos Estados Unidos (independentemente do status de vacinação e cidadania) e que estiverem fisicamente presentes em qualquer um dos seguintes pontos de origem ou que viajarem para os Estados Unidos partindo de Seul, Toronto ou Vancouver e tiverem visitado esses pontos de origem nos últimos 10 dias devem apresentar um resultado negativo de teste para COVID-19 realizado até 2 dias antes da partida: 

  • República Popular da China 
  • Região Administrativa Especial de Hong Kong
  • Região Administrativa Especial de Macau

Os viajantes que se recuperaram da COVID-19 podem viajar com um teste positivo (realizado há pelo menos 10 dias, mas não mais de 90 dias) ou um teste positivo com menos de 10 dias e uma carta de um profissional de saúde licenciado ou oficial de saúde pública declarando que os sintomas começaram pelo menos 10 dias atrás e que o cliente está liberado para viajar, em vez de um resultado negativo no teste para COVID-19. Pode haver a aplicação de exceções.

Para requisitos de viagem específicos com base na origem e destino, acesse nosso Delta Discover Map.

 

FAQs


De acordo com a lei federal dos EUA, o formulário de atestado exigido é apenas para pessoas que não são imigrantes ou cidadãos dos EUA e afirma que todos os clientes em qualquer aeronave, partindo de um destino estrangeiro e chegando ou fazendo conexão nos EUA, devem atestar que estão totalmente vacinados ou se qualificam para uma exceção. Cidadãos e residentes permanentes dos EUA não precisam preencher o atestado.

Cada cliente que não seja imigrante ou cidadão dos EUA deve fornecer um atestado separado. Um pai ou outra pessoa autorizada pode atestar em nome de crianças com 17 anos de idade ou menos, mas deve selecionar a opção “exempt” (isenta) para crianças com menos de 2 anos de idade. Cidadãos que não sejam imigrantes ou cidadãos dos EUA devem preencher e assinar o formulário de atestado eletronicamente por meio do Delta FlyReady ou imprimindo a versão em papel.

Além disso, todos os clientes que viajarem para os Estados Unidos a partir da República Popular da China ou das Regiões Administrativas Especiais de Hong Kong ou Macau precisarão preencher um atestado separado de teste negativo para COVID-19 ou de recuperação da COVID-19 no check-in.

Viajantes totalmente vacinados que não sejam imigrantes ou cidadãos dos EUA devem preencher e assinar o formulário de atestado eletronicamente por meio do Delta FlyReady ou imprimindo a versão em papel. Lembre-se que, se você estiver viajando em um voo operado por companhia aérea parceira da Delta, recomendamos que você imprima, preencha e assine o formulário de atestado impresso com antecedência e leve-o ao aeroporto. Além disso, não se esqueça de trazer um comprovante de vacinação.
Os clientes que voarem dos territórios estrangeiros dos EUA (Ilhas Virgens dos EUA e Porto Rico) não estão sujeitos a esta exigência.
O teste para COVID-19 não é necessário para cidadãos dos EUA e residentes permanentes que entrarem ou fizerem conexão nos EUA a partir da maioria dos pontos de origem. Em alguns casos, testes podem ser necessários com base em sua origem e/ou destino. Revise as informações acima (Ir para nota de rodapé) e em nosso Delta Discover Map para revisar os requisitos de entrada para uma origem ou destino específico.
 

Estamos monitorando continuamente os protocolos de segurança para garantir que você tenha as informações mais recentes para os requisitos específicos de entrada e saída do seu destino. 

Sugerimos que você veja as exigências de viagem mais recentes e as restrições, para saber mais sobre as restrições atuais de viagem e sobre os recursos para ajudá-lo a chegar preparado. Consulte também as normas dos destinos com aeroporto de conexão, se aplicável ao seu itinerário.

Não, crianças não vacinadas com menos de 18 anos de idade viajando com um dos pais ou responsável totalmente vacinado que não seja obrigado a ficar em quarentena não precisam mais fazer quarentena ao entrarem nos EUA.

Links relacionados

Encontrou as informações que estava procurando nesta página?